Professor Carlos Alberto Mandarim-de-Lacerda é o novo membro da Academia Nacional de Medicina da França

O médico Carlos Mandarim-de-Lacerda, diretor do Laboratório de Morfometria, Metabolismo e Doenças Cardiovasculares do Instituto de Biologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), foi oficialmente recebido no dia 18 de dezembro como membro correspondente estrangeiro da Academia Nacional de Medicina da França. No laboratório, Mandarim-de-Lacerda, que foi contemplado pela FAPERJ com o programa Cientista do Nosso Estado, atua na área de Biologia Celular e Molecular. Seus projetos recentes estão voltados para o estudo de alterações de órgãos que são alvo da síndrome metabólica, em modelos experimentais com tratamento farmacológico ou nutricional. Ele também é membro titular da Academia Nacional de Medicina, onde ocupa a Cadeira Nº 82, que tem como patrono Antonio Dias de Barros.

You are using the BNS Add Widget plugin. Thank You!